Andando no caminho estreito

  • 09/08/2021
  • 0 Comentário(s)

Andando no caminho estreito

“Entrem pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que leva à perdição, e são muitos os que entram por ela. Como é estreita a porta, e apertado o caminho que leva à vida! São poucos os que a encontram.” (Mateus 7.13-14)


Trata-se de uma afirmação séria e um alerta da Palavra do Senhor. Muitas pessoas acham que estão salvas por terem sido batizadas e porque deram um testemunho de Cristo. Isso é um engano! Um procedimento externo, um ritual ou uma tradição não podem nos salvar, por mais “santo” que pareçam. Somente o sacrifício de Jesus Cristo na cruz do Gólgota, aceito pela fé, com gratidão – seguindo o Senhor no caminho estreito – pode nos salvar.

Muitas pessoas acham que estão salvas por terem sido batizadas e porque deram um testemunho de Cristo. Isso é um engano!

À época de Jesus havia três grupos de pessoas: primeiro, aqueles que o rejeitavam aberta e decididamente; segundo, um número muito grande de pessoas que gostavam de ouvi-lo pregar, impressionando-se com os milagres dele, mas que nunca conseguiram superar uma fé “formal” – que, quando a situação se tornava crítica, não eram mais vistas em companhia dele; terceiro, um pequeno grupo de discípulas e discípulos dispostos a segui-lo de forma comprometida no caminho estreito, também através de suas próprias fraquezas e falhas.

Hoje existem exatamente os mesmos três grupos de pessoas! Quem realmente pertence a Jesus? Quem é salvo? Somente o terceiro grupo, que anda no caminho estreito! Nós já pertencemos a ele?

Às vezes fico pensando como eu reagiria,
Se naquele tempo tivesse vivido.
Teria clamado “Hosana” naquela dia
E, depois, em situação de perigo,
Urrado “Crucifica-o!”?

E como eu reajo hoje?

Tomo para mim a salvação como obviedade,
Aquela que Jesus para mim conquistou,
Sem permitir que sobre mim tenha autoridade?
Se desconfortável estou
Eu simplesmente o excluo?

Senhor, guarda-me desse autoengano,
Que é tão carnal, mas que parece tão piedoso,
Pois não és somente

Um Deus para o domingo...

Lothar Gassmann



#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário








Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes